Muito embora não se possa dizer que a advocacia seja uma atividade das mais dinâmicas, até porque está conectada a outras instituições, como o Judiciário, que são lentos para absorver e promover evoluções significativas nos métodos, é preciso reconhecer que existiu, nos últimos vinte anos, uma evolução bastante significativa na atividade dos advogados, e isso se dá por conta da correspondência: a realização de diligência jurídicas.

Muitos fatores levaram a esta evolução. Os três principais talvez sejam o aumento da quantidade de situações para a intervenção dos advogados, o assustador aumento de profissionais no mercado (devido à proliferação de faculdades de direito) e a intervenção da tecnologia na atividade jurídica.